Dicas


• Coma de 3 em 3 horas (faça 6 refeições ao dia).

• Beba no mínimo 2 litros de água por dia.

• Estabeleça objetivos realistas para o seu programa de emagrecimento. Não persiga metas impossíveis. Peso ideal é aquele que você consegue atingir de maneira saudável.

• Dê mais importância ao seu comportamento do que ao peso.

• Não confunda um tropeço com fracasso no seu programa de dieta.

• Não aceite pressões para comer mais do que o planejado.

• Procure saber a diferença entre fome, sede e gula.

• Identifique os fatores que te levam a comer. Se for ansiedade para resolver alguma tarefa ou problema, vá e resolva, ou espere até a hora certa, mas nunca transfira isso para a comida.

• Não coma assistindo televisão.

• Faça as refeições em lugares apropriados e tranquilos.

• Abaixe sempre os talheres na mesa entre uma garfada e outra.

• Mantenha fora de sua visão e do alcance os alimentos que engordam, deixe visíveis os alimentos saudáveis e lembre-se: o supermercado deve ser compatível com sua dieta, não leve para casa alimentos que você não deve consumir.

• Levante-se da mesa imediatamente após as refeições, e rapidamente escove os dentes.

• Quando comer fora de casa, não exagere.

• Procure mais informações sobre o teor dos carboidratos, gorduras e proteínas de cada alimento

• Fuja dos alimentos gordurosos.

• Torne suas refeições saborosas, mesmo com poucas calorias. Varie o cardápio.

• Aumente a quantidade de fibras na sua alimentação, comendo bastante verduras.

• A dieta não deve ser interrompida nos finais de semana nem nos encontros sociais pois a cada interrupção mesmo que seja em apenas uma refeição leva a perda do emagrecimento por 4 a 5 dias e isso desestimula a continuação da dieta.

• Esta dieta não é balanceada. O objetivo da mesma é apenas perder peso, e nisso a dieta é muito eficiente, depois paulatinamente será instituída uma dieta balanceada.

• A dieta deve ser seguida durante a fase de perda de peso e não deve sofrer adaptações.

• A dieta não conta calorias e não é uma dieta que preocupa-se com o tamanho das refeições ou a quantidade que você irá comer mas sim com a qualidade do alimento.

• Algumas pessoas conseguem perder peso mesmo comendo 1 a 2 frutas ao dia, outras não, então muito cuidado com a ingestão das frutas, comece a dieta comendo uma fruta ao dia e se não observar a perda de peso de pelo menos 700 gramas a 1 kg em uma semana interrompa a ingestão de frutas.

• Em relação a atividade física, tenha cuidado, pois como existirá uma grande restrição de carboidratos as atividades aeróbicas, como bicicleta, corrida, natação não são indicadas nesta fase. Pratique atividades físicas informais: pare numa vaga distante e caminhe, use as escadas ao invés de elevadores ou escadas rolantes.

• Entenda a fase de adaptação (abstinência) aos carboidratos.

• Não pule refeições.


Tabela de orientações nutricionais importantes



 

CAFÉ DA MANHÃ

• Não use pães, bolos ou biscoitos de nenhuma espécie. • Saia de casa bem alimentado.

Opções: > Tapioca com muçarela, presunto, frango desfiado. > Café com adoçante à vontade > Queijos embutidos, iogurte, ovos mexidos com bacon ou omeletes variadas. Caso sinta vontade poderá ingerir: > 1 maçã ou 1 pera ou 1 goiaba ou 1 pêssego
 

LANCHE MEIO DA MANHÃ

• Faça pelo menos uma das pequenas refeições. • Ficar mais de 2 horas sem ingerir alimentos provoca mal hálito e diminui a queima de gordura (termogênese).

Opções: > queijos (polenguinho, babybel), fruta, barras de proteína.
 

ALMOÇO

• A dieta deve ser dinâmica. Mude sempre dentro do liberado. • Pratos elaborados: moqueca (sem arroz e sem pirão, claro! Use quinua) , Strogonoff (sem arroz e sem batata, claro! ) Molhos são permitidos, cuidado com o excesso de sódio.

Opções: > Carnes – preferencialmente peixe 4 a 5 vezes na semana, frango 1 vez por semana, carne vermelha 1 vez por semana. > Legumes – devem ser ingeridos. Veja lista. Faça um prato bem colorido. > Verduras – à vontade. Use variedades e tente sair do básico.
 

LANCHE DA TARDE

• As oleaginosas, apesar de calóricas, são super nutritivas e auxiliam na saciedade diminuindo a fome entre as refeições.

Opções: > amêndoas, macadâmia, amendoins, castanhas de caju, pistaches, castanhas do Pará, nozes pecans, rolinho de presunto e mussarela, barrinha de proteína, shakes proteicos, fruta, iogurte, manteiga de amendoim.
 

JANTAR

• O jantar não deve ser substituído por lanches. O ideal seria um jantar no mesmo estilo do almoço. • Uma atitude interessante é comprar uma grelha e deixar sempre disponível para assar espetinhos variados.

Opções: > carne assada ou grelhada com legumes e verduras, omelete, sopa de legumes sem batatas ou mandioca. Batata doce com frango.